Sobre conversas para um mundo novo =)

No dia 17 de fevereiro de 2016 estive em Sampa, num evento que rolou no Hiperespaço, mesmo local que rolava a saudosa Laboriosa 89, que era uma casa colaborativa. O Hiperespaço nasceu como um lugar para realizar sonhos que transformam a sociedade. É um ponto de conexão entre as pessoas que estão fazendo ou que estão procurando fazer sua jornada interna e externa para o novo.

Lá rolou um evento chamado Transitions, onde pessoas convidadas a falam sobre suas experiências de transição, sejam profissionais, espirituais, relacionais. Enfim, tudo o que eu me identifico e toca meu coração =) - e imagino que o coração de vc que me acompanha por aqui tb. 

Então, não tinha como eu não ir conhecer e sacar o que rola por lá né? hehehehe

Dessa vez, Lella Sá e Max Nolan foram as pessoas que compartilharam suas experiências sobre a transição para um trabalho com mais significado, de acordo com o que toca o coração, sem deixar de lado a objetividade de se criar um futuro altamente desejável para todos, experimentando a vida e uma carreira em rede. =)

E o que achei maneiro e me deu muito entusiasmo pra continuar nessa jornada de autoconhecimento artístico, foi ver duas pessoas completamente comprometidas com suas próprias jornadas inspirando outras tantas que querem seguir seu próprio caminho, despertando seu Eu Criativo.

Não quero que alongar muito no texto e, como já dizem, uma imagem vale mais que mil palavras, então deixo você entender o que rolou de conteúdo através dessa foto aqui =)

E também...se quiser ver mais do que rolou de interação no evento, da uma olhada nessa galeria de fotos logo abaixo ;) Vai clicando em cima das imagens para passar pra próxima

E bora cocriar =)

EuSouL também Arte & Música

Muita gente acha que eu "comecei" ou "apareci" fazendo o #EuSouL...entrevistando Flavia Melissa...Ari...Eduardo Marinho...e falando sobre crowdfunding....

É...rapaziada...acontece que o PeterSky já tá na labuta fazendo algo que faça sentido pra ele faz 29 anos...desde 1986...

Essa foto representa um período que era extremamente dedicado a música independente..principalmente a que vinha da minha terra...São José dos Campos.

Não foram bandas como Los Hermanos, Legião ou Raimundos, com todo respeito a essas que tiveram o privilégio de nascerem em grandes centros, mas a bandas que mais curti na vida foram as que vieram da minha city: Mackzero 5, Voltz, Inplastika, Salve as Kamadas Líricas, Lanova, Evolua, Síntese Rap e tantas outras que de lá surgiram.

Tenho muito orgulho de ter feito parte disso....de ter registrado...da maneira que pude...a cena musical de lá...de 2007 até agora.

Por isso...quem me apóia no que faço hj em dia com meus projetos...saiba que também está apoiando toda uma história de um cara que busca viver e compartilhar o que sai do coração...

E dele sai som...visual...acordes de guitarra e muita reflexão sobre o mundo e si mesmo...

Bora cocriar?

=)

O que é um Filme de Família: Encontrando a beleza de um dia na vida

Trabalho com produção de vídeos desde 2007. 

Mas só depois de começar a fotografar que realmente tomei consciência da beleza dos momentos mais comuns na vida, especialmente quando se está com quem lhe é raro.

Irmãs, pais, amigos, ou o sobrinho pequeno que ainda nem fala seu nome =)

O ordinário que fascina, a simplicidade de um olhar, de um sorriso, um choro, um abraço sincero, tudo isso preenche minha vontade de usar meu olhar para registro da infinidade que existe no efêmero.

Em maio de 2015, pude levar toda essa leveza de um dia a dia em família para a telinha, pude contar em alguns minutos o quão mágico pode ser um dia na vida.

A família escolhida foi da minha querida amiga Patrícia Monahan, junto com seu marido Jason e as fofinhas Sofia e Juju. Procurei registrar de maneira sincera, como um observador do cotidiano familiar, o que há de mais singelo nessa relação. Um final de semana, churrasco com os vizinhos, pula-pula, brincadeiras e risada, tudo isso regado a inocência de criança.

Hoje posso dizer que sou um fotográfo de família, e que sou até um filmmaker de família, e estou muito contente de postar algo sobre isso. =)

Pra mim, filmes e fotos de família me fazem realmente encontrar alegria no habitual,

Agora...Eu te pergunto:

Que momento de sua família você gostaria de ter registrado, de ter guardado como lembrança?

Que tal aquela vez das crianças brincando na sala, entre papéis e lápis de cores por todo o chão, num esforço danado pra se desenhar o maior leão já visto? Ou quem sabe aquele dia de sol em que chamamos os amigos pra um almoço ao ar livre, ouvindo um bom som e uma boa conversa? Você pode até usar fotografia de família para registrar a festa de aniversário da sua criança em um buffet, mas será que os momentos cotidianos, como um sábado tomando café da manhã, ou aquele passeio na praça da sua cidade, não podem te trazer alegria também? ;)

Bom, eu quero ajudar a planejar uma narrativa para uma sessão de fotografia de família autêntica a história da sua.

Quer saber mais? clique AQUI e entre em contato comigo para saber mais sobre os filmes e fotos de família e te ajudo a revelar Um Dia Na Sua Vida =)

Siga o que te faz sentir

Oi, eu sou Pedro Céu =)

Tô bem contente de poder postar meu primeiro texto nesse blog =)

Tô bem feliz também de conseguir trabalhar de uma maneira que faça mais sentido pra mim, onde possa me observar melhor, pra observar o mundo e expressar isso de algum jeito, seja com o vídeo, texto, ou foto.

O jeito que vejo o mundo é o jeito que eu expresso a mim mesmo. 

o jeito que vejo o mundo_by pedro ceu

Não tem como fugir disso...é auto responsabilidade pura hehehe

E você?

De que maneira enxerga o mundo? De que maneira você expressa a si mesmo?

Já parou pra pensar nisso alguma vez? Se auto expressar faz sentido pra você?

Essas questões me trouxeram até este presente momento.

Essas questões me fizeram seguir o que me faz sentir.

Essas questões me impulsionaram a fazer a união entre o que faço e o que sou.

Quem Eu SouL?

"Sou Pedro Céu, e conto histórias visuais e auditivas sobre autenticidade, através do que sinto e observo por minha lente interior "

Bora fazer o que te faz sentir?